quarta-feira, 19 de março de 2008

Oscar Niemeyer

Niemeyer e MAC (Museu de Arte Contemporânea de Niterói) ao fundo.
Algumas de suas obras.
Catedral de Brasília desenhada por Oscar Niemeyer para a capital brasileira nos anos 60.
Museu Oscar Niemeyer.
Palácio da Alvorada.


Nos posts anteriores citei vários trabalhos e grandes nomes de arquitetos estrangeiros, agora chegou a vez de um brasileiro, sim, falo dele mesmo, de Oscar Niemeyer.

Animados para conhecê-lo?! Então 'mãos a obra' euheuheu

Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares (Rio de Janeiro, 15 de Dezembro de 1907). É considerado um dos nomes mais influentes na Arquitetura Moderna Internacional. Foi pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado. E é também o único brasileiro a ganhar um dos mais importnates prêmios de arquitetura; o Prêmio Pritzker (é atribuído anualmente, por forma a agraciar um arquiteto vivo,)


~ Biografia

Nascido na então capital do Brasil numa rua que mais tarde receberia o nome de seu avô Ribeiro de Almeida, ministro do Supremo Tribunal Federal, passou sua juventude como um jovem carioca típico da época: boêmio, sem a menor preocupação com os rumos de sua vida. Concluiu o ensino secundário aos 21 anos, mesma idade com que casa com Annita Baldo, filha de imigrantes italianos da província de Pádua, com quem teve somente uma filha, Anna Maria Niemeyer. (Niemeyer tem cinco netos, treze bisnetos e quatro trinetos).
Após o casamento sente o peso da responsabilidade que havia assumido para si e decide trabalhar e continuar seus estudos. Começa a trabalhar na oficina tipográfica do pai e entra para a Escola Nacional de Belas Artes, de onde sai formado como engenheiro arquiteto em 1934. Na época passava por dificuldades financeiras, mas mesmo assim decidiu trabalhar sem remuneração no escritório de Lucio Costa (também um dos grandes nomes na arquitetura brasileira) e Carlos Leão. Ele se sentia insatisfeito com a arquitetura que via na rua e acreditava poder encontrar respostas a suas dúvidas de estudante com eles.

~ Primeiros Trabalhos:

Em 1937, o escritório de Lucio Costa e Carlos Leão onde trabalhava é chamado pelo ministro da Educação e Saúde, Gustavo Capanema (que anulara o concurso público ganho por Archimedes Memoria), para projetar o novo edifício do Ministério da Educação e Saúde no Rio de Janeiro. Este projeto estava inserido no contexto político do Estado Novo, quando Getúlio Vargas, presidente do Brasil, usava a arquitetura e o urbanismo como ferramentas para ilustrar os novos rumos da nação em uma fase intermediária, tentando se transformar de potência agrícola exportadora de café em um país industrializado.
Lucio dividiu a autoria do projeto com outros arquitetos: Affonso Eduardo Reidy,Ernani Vasconcellos, Jorge Moreira, Carlos Leão e também um dos grandes expoentes mundiais do Movimento Moderno, o arquiteto franco-suiço Le Corbusier. O projeto segue os 5-pontos corbusianos, já realizados no Pavilhão Suiço, um prédio de apartamentos em Paris projetado por Le Corbusier em 1930. O edifício, terminado em 1943, eleva-se da rua apoiando-se em pilotis: sistema de pilares de concreto que mantem o prédio "suspenso", permitindo o trânsito livre de pedestres por debaixo do mesmo (um espaço público de passagem). O prédio uniu os maiores nomes do modernismo brasileiro, com azulejos de Portinari, esculturas de Alfredo Ceschiatti e jardins de Roberto Burle Marx.
Em 1939, Niemeyer viaja com Lucio Costa para projetar o Pavilhão Brasileiro na Ferira Mundial de Nova Iorque. Associam-se ao escritório de Paul Lester Wiener, responsável pelo detalhamento dos interiores e stands de exposição. No mesmo ano apresenta o Edifício Gustavo Capanema. Em uma época onde a Europa e os EUA estavam concentrando suas potências industriais na Segunda Guerra Mundial, o Brasil estava investindo em arquitetura, o que lhe colocou na vanguarda da Arquitetura Modernista internacional, onde ainda permaneceu por várias décadas, graças em boa parte ao talento de Oscar Niemeyer.

* “Oscar Niemeyer é o único brasileiro na lista dos 100 maiores gênios vivos no mundo. Sua posição é ótima, 9º lugar.Será que nós, meros mortais brasileiros, devemos seguir o exemplo do gênio e virar comunistas também?!
Oscar Niemeyer, que é comunista desde pequeno, disse que está decepcionado com o governo Lula (PT), em quem votou. Ele ficou estupefato com a declaração do Mulla de que ‘uma pessoa idosa de esquerda deve ter problemas’. Ele disse que não tem doenças, apesar da idade.
Quem deve ter problemas da cabeça é o presidente, que incentiva a desgosto pelos estudos e só anda falando besteiras a toda hora e é uma das maiores fraudes políticas que já vi.
O engraçado é que Osama bin Laden (44º) é mais gênio que o criador da Microsoft, o americano Bill Gates (45º). O ranking foi feito pela consultoria global Synectics”
Ano passado o Brasil e o mundo comemoraram o aniversário de Oscar Niemeyer.
Considerado um dos maiores arquitetos que o mundo já teve, Oscar Niemeyer famoso por suas obras: Pampula, Brasília, Universidade de Costantine na Argélia, sede do Partido Comunista Francês, Sambódromo e Cieps no Rio de janeiro, o museu de Niterói (Mac), Edifício Copan e para o ano a realização de um projeto no Kazakstão e por aí vai.
Brasília que foi construída por dois amigos Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, tem 64 obras do arquiteto das quais, 24 já foram tombadas pelo Patrimônio Histórico Nacional.
Dizem que as curvas de Oscar Niemeyer jamais são gratuítas.
No ano de 2008 acontecem inúmeras homenagens ao arquiteto, tais como o documentário: “A vida é um sopro” filme com depoimentos de José Saramago e outras grandes personalidades.
Para os que nunca pensaram em Oscar Niemeyer está aí um homem que fez diferença!
Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares, ou o famoso Arquiteto Oscar Niemeyer.
Não sou dos maiores admiradores do Arquiteto, mesmo sendo estudante de Arquitetura e 99,45% dos ‘colegas’ pagarem um pau pra ele. Digo isso porque não acho que ele seja tão grande quanto dizem que é.

~ Curiosidades sobre a história de Brasília

Na Construção de Brasília...Para escolher no estado de Goiás o quadrilátero do Distrito Federal, foi necessário dividir o estado em cinco cores. A cor escolhida foi o castanho que se situava ao centro de Goiás.A idéia da cidade não veio por acaso, sem que ninguém imaginasse, Juscelino Kubitschek já havia se inspirado na hoje, capital de Minas Gerais (Belo Horizonte), para a construção de Brasília.

Brasília naquele tempo foi à única cidade que foi edificada em apenas três anos sem nenhum problema, em 1960 já estava tudo funcionando como Juscelino esperava, para então comemorar o seu último aniversário como Presidente da Republica. No dia do aniversário de Juscelino foi inaugurada a Barragem do Paranoá.A Barragem do Paranoá foi construída com o propósito maior de fornecer energia principalmente para todos os ministérios e cidade, já que a energia que abasteceria Brasília viria de muito longe (Furnas), a cidade precisaria de um suporte elétrico caso ocorresse algum problema em Furnas, já que os ministérios nem a cidade não poderiam ficar sem brilhar.Brasília possui um fenômeno hidrográfico que não ocorre em nenhum lugar do Brasil, em Águas Emendadas, de uma só nascente, as águas se separam e correm nos rumos das bacias do Ama zonas, S.Francisco e Paraná.Por isso que Brasília até hoje é um patrimônio da humanidade por ter sido criada com muito amor.

* Antes da inauguração de Brasília, no dia 17 de fevereiro de 1959, o então ministro da Educação, Clóvis Salgado, ocupou a rede radiofônica de "A voz do Brasil" para fazer uma palestra sobre todas as providências que o Governo Federal estava adotando para oferecer um moderno sistema educacional para Brasília, afirmando que programa do Ministério da Educação poderia responder pela demanda de alunos, filhos de funcionários transferidos e todos quanto ali residirem. Disse o titular da Pasta da Educação: "Haverá uma distribuição eqüitativa das construções de escolas pelas áreas urbanas".* Em janeiro de 1959 a população operária de Brasília estava estimada em 50.000 habitantes. O ritmo das obras era acelerado e a cada dia mais operários desembarcavam nos canteiros das construtoras em busca de trabalho. Filas enormes eram formadas nas portas das empresas para fichar mais trabalhadores.*Quando foi demarcado o quadrilátero dos 5.814 quilômetros quadrados do Estado de Goiás para criar Brasília, já existiam dentro dessa área, há mais de 100 anos, as cidades de Planaltina e Brazlândia e que hoje fazem parte do Distrito Federal. No início os planaltinenses não entendiam bem a questão de passarem a ser "candangos" e muitos se arregimentaram e foram criar a Nova Planaltina, fora do Distrito Federal.

* Assim como o Plano Piloto de Brasília lembra o desenho de um avião, a cidade satélite do Gama lembra uma colméia.

* Juscelino Kubitschek era médico especialista em Urologia, formado pela faculdade de medicina de Belo Horizonte com especialidade na França.

* O primeiro invento importante, pesquisado e patenteado em Brasília, em 1974, por um humilde técnico de nível médio, Nélio José Nicolai, tem hoje uso universal, foi a Bina, dispositivo que identifica as chamadas telefônicas.
Na minha humilde opnião ele possui algumas obras que realmente são de tirar o fôlego, seguem algumas das quais mais gosto:

“Em 1945, já um arquiteto com algum nome, filia-se ao PCB. Sempre foi um forte defensor de sua posição como stalinista . Durante alguns anos da ditadura militar do Brasil auto-exilou-se na França . Um ministro da Aeronáutica da época diria que "lugar de arquiteto comunista é em Moscou". Visitou a União soviética, teve encontros com diversos líderes socialistas e foi amigo pessoal de alguns deles. Fidel Castro teria dito a respeito dele: "Niemeyer e eu somos os últimos comunistas deste planeta".



* Visite também o site de Niemeyer aqui

5 comentários:

jef disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jef disse...

Já tive oportunidade de ver algumas obras desse arquiteto pessoalmente (São Paulo, Curitiba)!
Lembro que fui numa exposição no museu em Curitiba que tinha vários croquis dele, verdadeiras obras de arte em linhas preta sobre o fundo branco!
Ah, o Olho em Curitiba é algo muito bacana de se ver! E estar dentro dele traz uma sensação bem interessante!

mateussz disse...

Legal o blog!

Ana Paula disse...

Obrigada Mateussz ;D

likinhah_bourdon disse...

Ana por favor concerte o nome do museu em Niterói é MAC, o MASP fica em São Paulo.
Obrigada.
Ingrid